O ranking Shangai reconhece a excelência das universidades ibero-americanas

O ranking Shangai reconhece a excelência das universidades ibero-americanas

OEI . 20/07/2020
Tamaño del texto + -

Um dos mais conhecidos rankings internacionais de universidades, o Ranking Shanghai 2020, acaba de publicar a sua classificação das universidades por áreas de conhecimento, destacando até 6 universidades ibero-americanas entre as 10 melhores do mundo em várias disciplinas:

- A Universidade Politécnica de Madrid é a 5ª melhor do mundo em Engenharia Civil.

- A Universidade de Campinas e a Universidade de São Paulo ocupam respectivamente o 8º e 10º lugar em Engenharia de Tecnologia Alimentar.

- A Universidade de Lisboa ocupa a 6ª posição em Engenharia Aeronáutica.

- A Universidade de São Paulo é a 10ª melhor do mundo em Odontologia.

- A Universidade Autónoma de Barcelona está classificada em 5º lugar no mundo em Medicina Veterinária.

A Universidade Complutense de Madrid está classificada em 14º lugar em Medicina Veterinária. A Universidade Pompeu Fabra de Barcelona está classificada em 19º lugar em Saúde Pública. A Universidade de Las Palmas de Gran Canaria encontra-se em 23º lugar em Turismo. A mesma posição é ocupada pela Universidade de São Paulo em Ciências Agrárias. 

Os resultados alcançados por estas universidades são especialmente meritórios se se considerar que estas classificações medem principalmente os resultados da investigação, e que apenas 12% dos professores universitários ibero-americanos são doutorados. 

Para melhorar as capacidades das nossas universidades nesta área, a OEI lançou o programa de bolsas de estudo Paulo Freire plus para doutoramento. Esta é uma iniciativa através da qual a OEI incentiva jovens estudantes (modalidade júnior) e professores universitários (modalidade sénior) a tornarem-se investigadores. Os beneficiários do programa, cuja primeira edição foi resolvida em março, recebem o financiamento necessário para realizarem os seus estudos de doutoramento numa universidade de outro país ibero-americano. Esta classificação mostra que estes beneficiários podem encontrar na nossa região centros de excelência e referências mundiais nos quais podem obter um doutoramento e iniciar a sua carreira de investigação. 

O próximo convite à apresentação de candidaturas para o programa Paulo Freire plus será publicado em Outubro. 

 
 
 
 
Mais notícias
 
Inscreva-se

Subscreva a Newsletter

* indicates required

Ao inscrever-se está a autorizar a OEI Portugal ao tratamento dos seus dados relativos a: