O XI Congresso Ibero-Americano de Indicadores de Ciência e Tecnologia (RICYT) foi adiado para 2021

O XI Congresso Ibero-Americano de Indicadores de Ciência e Tecnologia (RICYT) foi adiado para 2021

OEI - Ciência . 16/06/2020
Tamaño del texto + -

Devido à situação mundial provocada pela pandemia da COVID-19, a OEI decidiu adiar o XI Congresso Ibero-Americano de Indicadores de Ciência e Tecnologia - RICYT, coordenado pelo OCTS-OEI, previsto para este ano em Lisboa (Portugal), para setembro de 2021.

Tendo em conta as atuais limitações e a incerteza sobre a possibilidade de realização de reuniões em massa e de voos internacionais, a Comissão Organizadora foi forçada a adiar a realização do Congresso para os dias 7, 8 e 9 de setembro de 2021. Estas novas datas oferecem maiores garantias da normalização das viagens e permite que os participantes reorganizem as suas agendas.

O XI Congresso Ibero-Americano de Indicadores de Ciência e Tecnologia sob o lema "25 anos de RICYT: lições aprendidas e desafios futuros", analisará as lições dos últimos 25 anos de construção de indicadores na Ibero-América e atualizará a agenda de discussões dos próximos anos. O congresso procurará discutir questões tradicionais relacionadas com os indicadores e estender o debate às áreas de trabalho que possam oferecer novas ferramentas para a análise da ciência, tecnologia, inovação e a sua relação com a sociedade e desenvolvimento na região.

A convocatória para a apresentação de trabalhos será reaberta até 31 de março de 2021 e os resultados da avaliação dos trabalhos recebidos serão comunicados a 31 de maio de 2021. Os trabalhos já recebidos até 30 de abril de 2020 serão avaliados agora e seus resultados comunicados antes do dia 31 de julho de 2020.

Ao longo deste ano de 2020, a OEI prevê realizar diferentes workshops, seminários e conferências ibero-americanos em vários países da região, com a participação, entre outros, de autoridades, instituições, universidades, investigadores, professores e alunos. A OEI informará antecipadamente sobre o progresso realizado em todos eles, a fim de se adaptar, da melhor maneira possível, à evolução da situação de pandemia internacional causada pela COVID 19.

 
 
 
 
Mais notícias
 
Inscreva-se

Subscreva a Newsletter

* indicates required

Ao inscrever-se está a autorizar a OEI Portugal ao tratamento dos seus dados relativos a: