Imagem

Representação Portuguesa no 1º Encontro CAPES de Ciência Aberta - Repositórios Digitais

OEI . 17/09/2018
Tamaño del texto + -

A Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), Maria Fernanda Rollo, participa no 1º Encontro CAPES de Ciência Aberta - Repositórios Digitais que se realiza esta terça e quarta-feira, dias 18 e 19 de setembro, em Brasília, no Brasil.

A governante portuguesa intervém na terça-feira, pelas 11 horas (hora local), no painel intitulado “Experiência portuguesa com políticas de acesso aberto”.

Durante a sua intervenção a Secretária de Estado Maria Fernanda Rollo, destacará o Memorando de Entendimento (MoU, sigla em inglês) assinado em junho deste ano entre os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal e do Brasil referente à cooperação em matéria de Ciência Aberta e no seguimento do MoU assinado em outubro de 2009, entre os governos dos dois países e, considerando, o contexto internacional e em particular europeu, a política de Ciência Aberta prosseguida em Portugal.

O memorando de entendimento prevê o reforço dessa cooperação através da consolidação de um diretório digital que represente a rede de repositórios digitais dos dois países, nos domínios da ciência e da cultura, e que seja extensivo aos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O documento consagra ainda ações piloto no que diz respeito à partilha de infraestruturas, boas práticas, políticas e procedimentos entre os dois países, formação de investigadores e de profissionais de suporte, realização conjunta de formação à distância, nomeadamente Massive Open Online Courses – MOOC’s, e a continuação da realização anual da Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto ampliando o foco nos países da CPLP.

Durante o 1º Encontro CAPES de Ciência Aberta - Repositórios Digitais, Portugal estará ainda representando por Eloy Rodrigues, Presidente da Confederação de Repositórios de Acesso Aberto da Universidade do Minho, com duas intervenções: “A nova geração de repositórios e a transição para o acesso aberto: a perspetiva da COAR” e “OpenAIRE: a infraestrutura europeia de acesso aberto e ciência aberta”.

Mais informação aqui: