DSFDSFDSF

Convocatória "Bilinguismo - português e espanhol: coexistência na Ibero-América com outras línguas"

OEI - Ciencia . 26/02/2019
Tamaño del texto + -

Fundamentação

A Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, Ciência e Cultura (OEI), entre os seus vários objetivos, comprometeu-se a executar, no âmbito do Programa-Orçamento 2019/2020, ações no âmbito do Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa (PIADLP). Estas ações procuram implementar um modelo bilingue, juntamente com as línguas espanhola e outras línguas originárias da Ibero-América, promovendo a expansão das áreas políticas, educativas e culturais.

Convergem no espaço ibero-americano duas línguas que partilham uma origem comum: o espanhol e o português que, em conjunto, representam mais de 800 milhões de falantes em cinco continentes, com uma presença especial na Ibero-América, em África e na Europa. Vale igualmente a pena registar a presença de centenas de línguas nativas/indígenas, de línguas de imigração e de linguagens gestuais na Ibero-América.

Atualmente, o espanhol é a segunda língua mais falada no mundo, representando 7,8 % da população total mundial [1] e a portuguesa, a quarta língua mais falada, com mais de 261 milhões de falantes [2].

É igualmente importante salientar a proximidade linguística, cultural e, em muitos casos, geográfica entre o espanhol e o português, pelo que se torna cada vez mais pertinente pensar globalmente, visto que formam o maior bloco linguístico do mundo, com uma tendência considerável para o crescimento.

Com base nestas considerações, e tendo em conta a importância de desenvolver ações coordenadas de intercâmbio e mobilidade, ou de promover redes de colaboração entre investigadores e especialistas, a equipa de grupos de referência temáticos no domínio da educação, ciência e cultura para divulgar e promover a língua portuguesa nas suas relações com a língua espanhola e outras línguas da região, o presente convite à apresentação de propostas é aberto pela primeira vez neste domínio de divulgação científica.

O principal objetivo da presente iniciativa é identificar, compilar e divulgar práticas, investigações e estudos que reflitam e divulguem as boas práticas ou a experiência de trabalho conjunto de instituições ou grupos de investigadores no domínio das línguas portuguesas ou espanholas, bem como de outras línguas presentes na comunidade latino-americana, do ponto de vista do bilinguismo e da intercompreensão linguística.

Os temas que serão tratados neste número monográfico são:

  • Investigação e estudos relacionados com boas práticas ou experiências de trabalho conjunto com instituições, universidades ou governos que envolvam mais de um país, na língua portuguesa ou espanhola e noutras línguas presentes na região.
  • Investigação e trabalhos de análise de estudo de caso, incluindo a divulgação, o reforço e a coexistência das línguas portuguesa e espanhola na região ibero-americana.
  • Investigação e trabalhos de análise ou avaliação de estratégias de formação de professores tendo o português como língua materna, segunda língua, língua estrangeira ou língua de herança.
  • Trabalhos inovadores em matéria de conceção, execução e avaliação de programas nos domínios da ciência e da cultura que valorizem, divulguem e promovam as línguas portuguesa, espanhola ou ambas as línguas, ou outras línguas da região Ibero-americana.
  • Trabalhos de análise, avaliações e estudos sobre projetos educativos com uma abordagem intercultural desenvolvida nas zonas fronteiriças dos países de língua portuguesa e espanhola na região Ibero-americana.

As normas para a preparação dos trabalhos estão disponíveis no seguinte endereço: Rieoei.org/index.php/RIE/about/submissions#authorGuidelines

A convocatória estará aberta a partir da data da sua publicação e até às 00:00 horas do dia 30 de junho de 2019.

Não serão aceites os trabalhos entregues fora das datas referidas ou que não estejam em conformidade com o objeto da proposta.

Gilvan Müller de Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil

Helena Araújo e Sá, Universidade de Aveiro (UA), Portugal

María Matesanz del Barrio, Universidade Complutense de Madrid (UCM), Espanha

Leia mais aqui.