Space_2019

Faz 50 anos que “a águia pousou”

OEI - Ciencia . 15/07/2019
Tamaño del texto + -

Há meio século o mundo assistia, estupefacto, à chegada do homem à Lua. Através da televisão, ainda a preto e branco, milhões de pessoas ouviram as famosas frases “a águia pousou” e “este é um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade”. No dia 20 de julho de 1969, Neil Armstrong tornava-se no primeiro homem a pisar o solo da Lua. Em Portugal estão previstas várias iniciativas para celebrar a efeméride. Esta segunda-feira, está previsto o lançamento, em Lisboa, um programa de estímulo a novos projetos empresariais na área das “Novas Indústrias do Espaço”.

O projeto "Portugal New Space Entrepreneurship 2030" é organizado pela Agência Espacial Portuguesa, “Portugal Space”, a Universidade de Coimbra e o Instituto Pedro Nunes e é apresentado, esta segunda-feira (15 de julho), no Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva, em Lisboa. A apresentação dá início a uma semana de iniciativas organizadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para assinalar os 50 anos da chegada do homem à Lua. O evento conta com a presença várias personalidades portuguesas onde se inclui o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e a diretora da OEI Portugal, Ana Paula Laborinho.

No programa da “Semana da alunagem” conta, ainda, com o concerto “Cinderella Cyborg”, de Júlio Resende, no Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva, em Lisboa, palestras, observações astronómicas e wokshops, no Centro Ciência Viva de Constância – Parque de Astronomia, ainda exibições de filmes, entre outras atividades. 

Programa: http://www.cienciaviva.pt/PDF/alunagem50anos_programa2019.pdf